Qual a melhor Mulher-Gato do cinema? Por trás de cada grande morcego há uma gata ainda maior, e o fascínio e adoração por Selina Kyle, também conhecida como Mulher-Gato, continua a cada geração que passa. A anti-heroína inteligente, conhecido por suas garras afiadas e inteligência mais afiada ainda, junto com seu chicote e furtividade, tem sido um personagem popular ao lado de Batman nos quadrinhos, chegando a se casar com ele em um certo ponto, então não é surpresa que houve várias representações em live-action dessa infame e paqueradora aliada e amante do Cavaleiro das Trevas.

Caramba, os fãs até conseguiram um filme solo que, embora inegavelmente ruim e vagamente baseado na Mulher-Gato das HQs, ajudou a abrir caminho para filmes de super-heróis liderados por mulheres ainda mais bem-sucedidos, como Mulher Maravilha,  mas isso não vem ao caso.

Várias atrizes vestiram o traje de látex e encantaram o homem por trás do capuz de morcego, incluindo a mais recente a cravar suas garras, Zoe Kravitz, de Matt Reeves The Batman, agora em exibição nos cinemas. E, assim como fiz no artigo Qual o melhor Batman do cinema? , tentei classificar todas as Catwomans de live action que apareceram nas telas de cinema, do pior ao melhor.

5. Halle Berry

Halle Berry leva o pior lugar porque sua estreia como Mulher-Gato foi bem catastrófica. Neste filme solo, a Warner Bros decidiu criar um novo personagem chamado Patience Phillips. Funcionária de uma empresa de cosméticos, Patience é morta ao tentar impedir o lançamento de produtos perigosos. Mais tarde, ela foi ressuscitada por gatos egípcios e ganha a habilidade de lutar.

Se você achou a premissa confusa, espere até ver seu traje terrível e a performance extravagante de Berry. O uso excessivo de tomadas rápidas e ângulos estranhos do diretor Pitof torna a experiência de assistir ao filme uma dor de cabeça. Ao todo, o filme foi um dos piores filmes a serem feitos, e nem mesmo a bela Halle Berry pôde se salvar de sua performance assustadora. Na verdade, este filme foi tão ruim que provavelmente arruinou o futuro dos filmes de quadrinhos liderados por mulheres, até o filme solo da Mulher Maravilha que foi muito melhor. Pelo menos Warner aprende com seus erros.

4. Lee Meriwether

Lee Meriwether estrelou ao lado de Adam West em Batman. Enquanto West interpretou o Cavaleiro das Trevas na série de 1966 a 1968 também, Meriwether interpretou apenas o personagem no filme. Meriwether, que também foi a vencedora do concurso Miss America 1955, conquistou os corações dos espectadores com sua voz sensual e lindos olhos. Ela era elegante, mas transbordava de sexualidade perigosa. Infelizmente, sua atuação no filme ficou entre duas outras fortes representações do mesmo personagem.

Julie Newmar – que muitos apelidaram de Mulher-Gato original – interpretou a vilã ao lado de West nas temporadas anteriores da série de TV, antes de Meriwether entrar a bordo para seu papel único no filme. Depois disso, Eartha Kitt, que roubou a cena, assumiu o papel na terceira temporada do programa e lançou uma sombra sobre a Mulher-Gato de Meriwether.

3. Zoë  Kravitz

Sente-se em qualquer cinema e observe como todos na platéia ficam tensos  no momento em que Zoë Kravitz entra na tela. Kravitz é inegavelmente sexy como Selina Kyle, e pode facilmente atrair os espectadores com um único olhar – peruca na cabeça e chiclete na boca. A Mulher-Gato de Kravitz segue a linha entre herói e vítima da corrupção de Gotham – tornando-a uma Mulher-Gato muito mais complexa e relacionável em comparação com todos os seus antecessores. Assim como Hathaway, ela foi capaz de lançar falas maliciosas com facilidade, mas com um pouco menos de talento, porém com mais drama, vendo como seu personagem em The Batman é tão fortemente afetado por seus próprios traumas passados. Hathaway foi melhor, mas a performance pesada de Kravitz parecia mais real, mais humana.

2. Anne Hathaway

A Mulher-Gato de Anne Hathaway foi provavelmente a melhor parte de O Cavaleiro das Trevas Ressurge. Ela era carismática, engraçada, inteligente e cheia de vida. Ela teve uma química incrível com Christian Bale, teve sequências de ação bastante sólidas e entregou suas falas com um timing perfeito. O mais impressionante, ela foi capaz de ajustar com sucesso linhas maliciosas clássicas que, verdade seja dita, seria completamente brega se saísse da boca de outra pessoa. Foi com toda certeza um crime que Hathaway não recebeu mais tempo de tela. Dito isto, apesar de quão agradável foi o desempenho de Hathaway, ela não tinha uma certa angústia e dor que era a base do personagem nos quadrinhos.

1. Michelle Pfeiffer 

Já se passaram 30 anos e os dois primeiros filmes de Tim Burton Batman são icônicos. Os fãs não apenas conseguiram Micahel Keaton como Batman, mas também Danny DeVito como Pinguim, Jack Nicholson como Coringa e, ainda por cima, Michelle Pfeiffer como Mulher-Gato. Esses três vilões são um dos melhores trios de todos os filmes de ação de Batman, então talvez seja por isso que Matt Reeves decidiu trazê-los de volta ao Batman.

Há muitas razões pelas quais Pfeiffer merece o primeiro lugar. Alguns podem argumentar que é devido ao traje elegante e sexy, enquanto outros dirão que é devido à direção fantástica de Tim Burton, mas nós a amamos por tudo isso, além de sua brilhante performance. Pfeiffer acertou suas falas sombrias, hilárias e sedutoras e sabe como ser completamente desequilibrada em um segundo, e depois relacionável no próximo. Sua química com Keaton foi fenomenal e estabeleceu o padrão ouro para relacionamentos de quadrinhos na telona. Cada dinâmica era diferente e única, com seu romance com Batman sendo o mais comovente e transformador. Pfeiffer é extremamente adorável como Selina Kyle, e ela nos deixou 100% satisfeitos.

Gostou do conteúdo?  Então compartilhe com seus amigos e ative as notificações do site para receber em primeira mão todo nosso novo conteúdo.

Até a próxima!